Topdata

PR: (41) 3213-7100
SP: (11) 4007-2376
RJ: (21) 4007-2376

Essa é uma das dúvidas mais comuns na hora de comprar um relógio de ponto, então vamos dar algumas dicas para ajudar nessa escolha:

A verdade é que não existe uma resposta única pra essa pergunta e o melhor relógio de ponto para sua empresa depende de vários fatores, sendo que um dos mais importantes é o número de funcionários a ser controlado. Vale lembrar o controle de horas é obrigatório para empresas com mais de 10 funcionários.

Vamos começar dizendo que qualquer solução é melhor do que nenhum controle pois sem um registro de horários a empresa corre o risco de sofrer uma ação trabalhista reivindicando horas extras. O livro ponto também é uma solução muito limitada pois apesar de haver um controle do horário de entrada e saída a contabilização das horas trabalhadas é extremamente trabalhosa e na maioria das vezes inviável. Conheça abaixo algumas soluções mais práticas para fazer o controle de ponto dos seus funcionários e lembre-se: O melhor relógio de ponto para sua empresa é aquele que atende as necessidades particulares do seu negócio.

Quero receber uma cotação

Relogio ponto cartografico

Para pequenas empresas

O relógio ponto cartográfico é ideal para o controle de empregados domésticos ou de uma pequena empresa.

Esse modelo de relógio ponto imprime os horários de chegada e saída dos colaboradores em um cartão ponto de cartolina, destacando em vermelho as marcações realizadas fora do horário como atrasos ou horas extras. O relógio pode sinalizar os horários de início e fim de turno através de um toque musical ou acionando uma sirene externa.

Vantagens:
Muito fácil de instalar e de usar;
O relógio cartográfico é mais barato que as opções informatizadas.

Desvantagem:
Os cálculos precisam ser feitos manualmente;
Um empregado pode marcar o ponto por outro.

Ponto eletrônico

Para todas as empresas

O ponto eletrônico é a forma mais prática e segura para controlar a jornada de trabalho em empresas de qualquer porte.

Os usuários registram os horários de entrada e saída digitando sua matricula, usando um cartão ou a sua impressão digital. Esses registros são armazenados na memória do equipamento e posteriormente são processados por um software que faz todos os cálculos necessários e pode gerar diversos relatórios.

Após a Portaria 1510 do MTE que regulamentou seu uso, essa solução passou a ser conhecida como REP (Registrador Eletrônico de Ponto).

Vantagens:
Os cálculos são automáticos;
O uso da biometria impede que um empregado faça a marcação por outro.

Desvantagem:
Somente produtos homologados pelo Ministério do Trabalho e certificados pelo Inmetro oferecem a segurança jurídica necessária.

Controle de Ponto

Para órgãos públicos

Órgãos públicos e empresas amparadas pela Portaria 373/11 do MTE  podem usar um relógio de ponto eletrônico sem impressora.

A portaria 373 do MTE permite o uso de soluções alternativa de ponto eletrônico desde que exista um acordo coletivo entre a empresa e o sindicato dos trabalhadores. Essa modalidade apresenta basicamente os mesmos requisitos do REP, porém sem a necessidade do recibo impresso.

Vantagem:
Dispensa o uso da impressora.

Desvantagem:
É obrigatório que o acordo coletivo da empresa com o sindicato especifique essa alternativa para o controle de ponto.