Telefones:
Central de atendimento: 4007-2001
(capitais e região metropolitana)
Matriz: (41) 3213-7100

atendimento online

Por que sua empresa precisa de um relogio de ponto?

Um relogio de ponto permitirá à sua empresa  controlar a jornada de trabalho de seus colaboradores, otimizar a rotina de sua equipe de recursos humanos, reduzir custos com horas extras indevidas, garantir segurança jurídica, evitar ações trabalhistas e/ou atender a Portaria 1.510 do Ministério do trabalho e Emprego. A Portaria 1.510 determina que todas as empresas que registram o ponto de seus funcionários de maneira eletrônica, utilizem equipamentos homologados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Como a Topdata pode ajudar?

Com mais de 20 anos de experiência na fabricação de relogio de ponto, podemos oferecer a solução ideal para sua empresa, desde o tradicional relogio de ponto cartográfico para controle mecânico das marcações de seus funcionários, até equipamentos com as mais modernas tecnologias como leitor biometrico para verificação da impressão digital ou cartões por aproximação. Toda linha de produtos com  preço que cabe no orçamento de sua empresa.

O que sua empresa precisa saber sobre a legislação Brasileira para uso de relogio de ponto?

Não podemos negar que presenciamos um grande progresso nas últimas décadas, nas relações trabalhistas.

 

Empregados trabalhavam muitas horas sem regulamentação, sem controle e sem o devido pagamento de horas extras e do outro lado muitas empresas já foram prejudicadas por demandas injustificadas, perdendo ações trabalhistas com testemunhos insustentáveis e sem apresentação de provas.

O Ministério do Trabalho e Emprego tem trabalhado para um controle justo e eficiente das jornadas de trabalho. Desde 2011, as empresas que optarem por sistema de ponto eletronico devem usar relogio de ponto homologados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que atendam a Portaria 1510/2009, esta portaria trouxe para o mercado as seguintes regras:

O relogio de ponto usado por sua empresa, deve emitir um comprovante de cada registro efetuado e estes registros não podem ser alterados ou apagados da memória do relógio, a memória por sua vez não pode ser trocada.

Não é permitido restringir o horário de marcação de ponto, nem realizar marcações automáticas ou alterar os dados das marcações realizadas por seus colaboradores.

A portaria também estabeleceu requisitos para o relógio de ponto, identificado pela sigla REP, Registrador Eletrônico de Ponto, assim como para os programas que farão o tratamento dos dados oriundos do REP, estabelecendo formatos de relatórios e arquivos digitais de registros de ponto que o empregador deverá manter e apresentar à fiscalização do trabalho.

O REP deverá ser certificado por um órgão competente e homologado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, os softwares de tratamento de ponto não necessitam certificação.

REPs e softwares devem ser acompanhados de um atestado e termo de responsabilidade emitido pelos respectivos fabricantes.

Conheça nossa linha de relogio de ponto Inner Rep, e o software TopPonto Rep, soluções que atendem integralmente as regras do Ministério do Trabalho e Emprego para uso de sistemas de controle de ponto informatizado.

Sua empresa é obrigada a seguir estas regras?

Se sua empresa possui mais de 10 funcionários, é obrigada a ter um sistema de ponto, seja ele manual, mecânico ou eletrônico.

 

Manual é o sistema de anotação simples em um livro ponto, mecânico é o sistema que coleta as informações em cartões cartográficos e eletronico são sistemas que fazem a identificação do usuário por meio eletrônico: cartão, biometria ou teclado e exportam estas informações para processamento em um software.

As regras acima da Portaria 1.510 são para todos os funcionários regidos pela CLT e somente para empresas que optem por relogio de ponto eletrônico.

Pensando em alguns segmentos do mercado, o Ministério do Trabalho e Emprego determinou através da Portaria 373/2011 que, mediante acordo coletivo, algumas empresas podem utilizar sistema alternativo eletrônico de controle de jornada, mas atenção existem requisitos mínimos para o sistema alternativo, antes de comprar pesquise se sua empresa tem acordo,  em caso positivo conheça o relógio de ponto Inner Ponto, solução da Topdata indicada para atender a Portaria 373/2011.

Caso opte por um sistema mecânico, conheça nosso Relógio Pontto.

Um relógio de ponto para cada necessidade:

Relogio de ponto eletronico Inner Rep:  relogio de ponto informatizado, homologado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, atende desde pequenas a grandes empresas com tecnologias para identificação do funcionário por cartão ou biometria.

 

Relogio de ponto Inner Rep 2i: relogio de ponto indicado para empresas com maior número de colaboradores, com duas impressoras para que a bobina nunca acabe durante a marcação de ponto, evitando filas e transtornos nos horários de entrada e saída de seus colaboradores.

Relogio Pontto:  para pequenas empresas e até residências este é o relogio de ponto ideal, solução de ponto cartográfico,  isenta das regras da portaria 1.510, simples e econômica.

Controle de ponto Inner Ponto: relogio de ponto que atende as empresas com acordo sindical, amparadas pela Portaria 373 do Ministério do Trabalho e Emprego.

Software de Ponto TopPonto: software para tratamento das informações coletadas no relógio de ponto eletronico.

Consulte nossa seção de perguntas e respostas sobre a Portaria 1510/2009 do Ministério do Trabalho e Emprego que regulamenta o uso do ponto eletrônico:

Compartilhe

compartilhe com seus amigos