Topdata

PR: (41) 3213-7100
SP: (11) 4007-2376
RJ: (21) 4007-2376

O eSocial é um Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas.

Como muitos gestores e profissionais de RH já devem saber, o sistema foi criado pelo Governo Federal no ano de 2014, porém, só se tornou obrigatório para algumas empresas a partir do dia 1.º de julho de 2018. Isso por que não foram todas as empresas que tiveram a obrigatoriedade de cumprir as regras do eSocial a partir desta data.

Foi realizado um cronograma de implantação de acordo com o faturamento da empresa. Este cronograma teve sua última atualização em outubro de 2018, e passaram a valer as datas abaixo:

esocial-faseamento
Cronograma de Implantação do eSocial publicado em 05/10/2018.
Fonte: Portal eSocial
 

Qual é o objetivo do eSocial?

Este projeto do Governo Federal do Brasil, que envolve a Receita Federal, o Ministério do Trabalho, o INSS e a Caixa Econômica Federal, visa simplificar, organizar e unificar o envio dos dados de obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas das empresas.

O eSocial facilita a investigação de irregularidades e inconsistências nas organizações. Também simplifica o dia a dia dos empreendedores, gestores e funcionários de Rh, pois todos os procedimentos podem ser realizados em um único sistema.

Em que situação preciso implantar o eSocial?

A implantação deste sistema é obrigatória para pessoas físicas e jurídicas, inclusive MEI e empregadores domésticos.

Como o eSocial poderá impactar nas empresas?

Algumas rotinas deverão ser adaptadas ao eSocial, para não ocorrer a possibilidade da empresa ter penalidades por falta de atenção. Por isso, fique atento as obrigações e as multas em caso de não adequação as regras do eSocial:

Registro de admissão do colaborador 24h antes

A informação de admissão para o registro do empregado deverá ser informada 24h antes do início das atividades.

Alterações no cadastro do colaborador e no contrato de trabalho

Com a implantação do eSocial, é obrigatório que todas as informações estejam atualizadas, sejam relativas a cadastro (endereço, telefone, etc.), ou contrato de trabalho (horas de trabalho, por ex.).

Caso a empresa não faça essas atualizações, poderá ser autuada em até R$600,00 por colaborador.

Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT)

Em caso de acidente do colaborador, o CAT deverá ser informado no dia seguinte à ocorrência. No caso de falecimento, deverá ser informado imediatamente. As possíveis multas para essas situações devem variar entre o limite e o máximo do salário de contribuição.

Folha de pagamento conforme as regras do eSocial

O documento da folha de pagamento deve ser preenchido em conformidade com as regras do eSocial e a empresa deverá cadastrar todas essas informações até o dia 7 do mês subsequente ao trabalhado.

A empresa que não se adequar pode pagar uma multa com valor a partir de R$ 1.812,17.

Uma ótima ideia para reduzir erros, nestes casos, é contar com sistemas automatizados que facilitam a gestão, como o Software de Controle de Ponto Web da Topdata.

Afastamento temporário

Se o funcionário ficar afastado da empresa por mais de 3 dias, essa informação deverá ser passada ao eSocial. Se o afastamento não for informado, a empresa estará sujeita a uma multa que será determinada pelo fiscal do Ministério do Trabalho.

O eSocial teve um grande impacto nas empresas, mas está funcionando

A princípio, o eSocial não aparenta ter grandes vantagens para empresas, e sim, parece apenas uma alteração no envio de informações dos colaboradores da organização.

Mas, segundo a especialista e Gerente de Rh da Topdata, Marianna Redwitz, o eSocial trouxe sim grandes impactos nas empresas, mas está funcionando.

“Ainda que fracionado em grupos e fases, o eSocial entrou em vigor no início de 2018 e, além das dúvidas sobre processos internos, documentos, envios, multas, inconsistências e prazos, trouxe um grande impacto nas tarefas diárias dos profissionais de Recursos Humanos (…).

O eSocial tem o objetivo de unificar o envio das informações por parte das empresas, sobre os trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, escriturações fiscais, informações sobre o FGTS, etc. Como a transmissão desses dados se dá somente por meio eletrônico, é diferente do formato que se trabalhava anteriormente, no qual existem outros sistemas para cada uma dessas informações citadas anteriormente.

A grande questão é que, pelo menos por enquanto, o eSocial não extingue as demais obrigações trabalhistas, portanto, se trabalha em duplicidade. Esperamos que com o tempo e a finalização do faseamento de implantação do eSocial, tudo fique concentrado no mesmo, substituindo totalmente outras obrigações legais como envio de Gfip, Caged, Rais, Dirf, CAT, etc.

O fato é que o eSocial é uma obrigação imposta pelo Governo Federal, e o Governo tem condições legais para exigir. É burocrático, exige muito dos profissionais da área, mas está funcionando. O problema é que funciona grande, complexo, volumoso, tanto que já falam em simplificação do sistema.”

Por isso, é necessário que as empresas tenham atenção dobrada nas exigências e no Cronograma de Implantação do eSocial.

O eSocial não tem apenas obrigações, também tem benefícios

O eSocial não se trata de um sistema que veio complicar a vida do profissional de Rh, mas sim algo que trouxe organização e unificação dos dados dos trabalhadores, a diminuição da burocracia de envio de documentos perante o governo, a atualização do cadastro dos funcionários, entre outros.

A especialista de Rh, Marianna Redwitz, ainda afirma que o eSocial não pode ser visto apenas como um desafio, mas também como uma oportunidade.

Para muitos o eSocial é visto como um desafio, quando deve ser visto também como uma oportunidade, oportunidade de colocar “a casa em ordem”. Empresas organizadas, que desenvolvem o processo de Departamento Pessoal da forma correta, não devem estar encontrando muita dificuldade com o sistema. Já aquelas que não são, com certeza estão sofrendo mais com o sistema.” 

Por isso, podemos concluir que o eSocial traz sim um grande impacto nas empresas, mas não se trata apenas de obrigações, mas sim de um sistema que pode trazer grandes benefícios para as empresas.

Quero comprar um produto Topdata